Protagonismo é palavra de ordem!

Após alguns anos de experiência, tomadas de decisão, sessões de coaching e mentoring, feedbacks e muita observação, ficou claro para mim o quanto o protagonismo faz uma diferença enorme  na evolução da carreira dos profissionais, assim como na própria jornada para atingir os desafios assumidos.

Nos últimos dois anos tive a oportunidade de conhecer pessoas incríveis, com potencial sem igual e com histórias de carreira realmente motivadoras. O que fica bem notável nas que evoluíram com maior velocidade e consistência é o protagonismo, a vontade de querer fazer acontecer e de forma alguma esperam por outros mandarem o que fazer.

Protagonismo 2É incrível a capacidade desses profissionais identificarem oportunidades nos problemas encontrados e assumirem a situação para propor soluções. Essa atitude faz com sejam profissionais valorizados pelas empresas, e por tal valorização os tornam mais motivados, tornando-se assim um círculo vicioso.

Por outro lado, existem os que são passivos diante das situações e apenas querem realizar o seu trabalho, mas que não possuem muitas expectativas. Esse perfil acaba acompanhando o que é decido pelo outros, porém é preciso ter cuidado, dependendo do perfil da empresa podem estar perdendo espaço e com o tempo a situação pode ficar insustentável.

Por fim, existem aqueles que fazem seu trabalho, nada mais que isso, porém possuem uma expectativa elevada quanto ao reconhecimento, o que é chamado de otimismo exagerado pelo consultor Eduardo Ferraz na matéria exame.com “Ser otimista demais pode prejudicar a carreira“, atuar na média trará resultados medíocres, assista o vídeo do Eduardo.

Quantas vezes já se pegou reclamando de algo como processos, projetos, pessoas, empresa, etc.? Pois é, muitas vezes com extrema passividade, sem ao menos pensar como poderia ser melhorado. Em algumas situações pode até ter pensado na solução, mas ainda não é o suficiente, é preciso agir. Boas ideias são desperdiçadas a todo momento por não terem sido expostas e/ou colocadas em ação.

Protagonismo, já!

2 comentários sobre “Protagonismo é palavra de ordem!

  1. Parabéns! Adorei esta colocação sobre a relação de um GP com o protagonismo. Minha única experiência como GP foi na realização de um trabalho acadêmico da disciplina “Planejamento de Projetos” onde tive a oportunidade de experimentar ser GP. Atuando nos bastidores tive que executar diversas tomadas de decisão, orientei os meus colaboradores sempre com o objetivo de manter o trabalho alinhado com o que havia percebido ser de interesse do professor. Externamente ao projeto não tive a sensibilidade do reconhecimento, mas internamente isso foi bastante perceptível pelos colaboradores que atribuíram a nota máxima alcançada com os meus esforços nos bastidores em manter o projeto na direção correta.

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s